eSocial admite cadastro de empregado com divergências no NIS

Em português.

Sistema gera mensagem indicando pendência, mas não impede a validação.

Num primeiro momento, divergências no Número de Identificação Social (NIS) dos trabalhadores não impedirão o recebimento de eventos transmitidos por meio do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial). Quando houver discrepâncias no NIS, será gerada uma mensagem indicando a pendência, mas a validação do cadastro fica liberada.
Ainda é comum um mesmo empregado ter mais de um número de inscrição em alguns cadastros governamentais, principalmente no Programa de Integração Social. Para resolver esse problema, o eSocial vai vetar o cadastramento de pessoas que apresentem irregularidades no NIS.
Como, no entanto, a implantação do sistema está em sua fase inicial – dia 1º as empresas com faturamento acima de R$ 78 milhões entraram na etapa de transmissão dos eventos não periódicos, como admissões, afastamentos ou desligamentos –, a proibição foi flexibilizada.

Artigo postado dia 07/03/2018 em contasemrevista.com.br

Share this page: